quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Santander inscreve para Prêmio Empreendedorismo Sustentável




  • Candidatos têm até o dia 5 de janeiro de 2016 para inscreverem seus projetos
  • Serão R$ 100 mil em prêmios distribuídos entre os três melhores projetos
  • Prêmio faz parte do amplo Programa Amazônia 2020 em parceria com as nove universidades federais da região norte

 As inscrições para a segunda edição do Prêmio Empreendedorismo Sustentável foram prorrogadas até 05 de janeiro de 2016. O Prêmio vai reconhecer os melhores projetos empreendedores que tratem da preservação do meio ambiente, economia reversa e extrativismo sustentável. 

Focado no compromisso de contribuir com o desenvolvimento sustentável do país, o Santander Universidades, lançou o concurso específico para os estudantes de graduação e pós-graduação de oito universidades federais da região norte: UFT, UFPA, UNIFAP, UFAM, UFAC, UFRR, UFRA e UFOPA. 

As inscrições dos projetos devem ser feitas no site https://www.santanderuniversidades.com.br/projetos-especiais/Paginas/programa-amazonia-2020.aspx. As propostas passarão por uma avaliação e 36 semifinalistas serão selecionados para enviarem o plano de negócios. Os vencedores, que serão conhecidos dia 17 de março de 2016, em cerimônia em Belém, receberão prêmios nos valores de R$ 50 mil, R$ 30mil e R$ 20 mil, respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro lugares.



Programa Amazônia 2020

Lançado em 2010, o Programa Amazônia 2020 é uma iniciativa única de apoio à comunidade acadêmica com mais de 100 mil professores e alunos beneficiados no norte do país. Até 2015, mais de 57 mil pessoas já foram impactadas com bolsas de estudos, seminários de direito penal internacional, espaços digitais, palestras de orientação financeira e a 1ª edição do Prêmio Empreendedorismo Sustentável. 

Em 2011, a Interbrand nomeou o Banco Santander como primeiro banco do mundo no ranking The Best Global Green Brands, O banco é a única empresa espanhola que aparece no estudo, onde são valorizadas algumas atividades do Santander Universidades no Brasil, como a colaboração com universidades para colocar em prática os projetos de proteção ambiental e apoiar as comunidades locais. Também se destaca o programa Amazônia 2020 e o desafio Santander Sustainability Challenge, que convidou os estudantes brasileiros a identificar e sugerir soluções para problemas ambientais.

Esta é mais uma iniciativa que integra o Plano de Apoio à Educação Superior (PAES) do Santander Universidades Brasil, estruturado em 4 eixos estratégicos: mobilidade, inovação e empreendedorismo, transferência tecnológica e apoios acadêmicos, com o objetivo de promover o desenvolvimento da educação superior de maneira estratégica, contribuindo com o progresso econômico e social nos 20 países onde está presente.



Santander Universidades

O Santander Universidades atua com investimentos no ensino, pesquisa e extensão, mobilizando toda a cadeia de valor da educação, com apoio a alunos, jovens profissionais, professores, pesquisadores, funcionários administrativos e instituições de educação superior. 

Com 20 anos de atuação em 20 países, o Santander Universidades possui mais de 1200 convênios com universidades de todo o mundo, sendo cerca de 450 parceiras somente no Brasil. Desde a criação, em 1996, o Santander Universidades é o eixo de atuação social do banco e já destinou mais de um bilhão de euros em diversas iniciativas e projetos universitários e tem o compromisso de investir mais de 700 milhões de euros até 2018.


Santander – Relações com a Imprensa 

(11) 3553-7061/5157/5166/5244



twitter.com/santander_br / SAC 0800 762 7777 /Ouvidoria: 0800 726 0322

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

British Council lança chamada para projetos de capacitação ou engajamento comunitário em parceria com o Reino Unido

São elegíveis ONGs, museus, jardins botânicos e órgãos públicos que atuem em áreas prioritárias do Newton Fund no Brasil.


Até 20 de janeiro de 2016 estão abertas inscrições para o Institutional Skills, programa do British Council que conta com recursos do Newton Fund. O programa tem como objetivo apoiar projetos relacionados a treinamento, capacitação e engajamento comunitário de funcionários e colaboradores de instituições públicas, da sociedade civil, museus de ciências e jardins botânicos ou de organizações parceiras, diretamente envolvidas com essas instituições. Serão contempladas instituições que atuem nas seguintes áreas: 

•Agricultura, especialmente voltada à pequena propriedade e de baixo impacto ambiental; 

•Ciências Sociais para desenvolvimento econômico; 

•Clima e meio ambiente – incluindo mudança climática, tecnologia verde, desenvolvimento sustentável, serviços de ecossistema, escassez de recursos, uso sustentável da biodiversidade e valorização do conhecimento tradicional popular; 

•Doenças infecciosas negligenciadas; 

•Economia inclusiva - incluindo empoderamento feminino, economia solidária, fomento ao empreendedorismo, economia criativa e da cultura, com foco em territórios vulneráveis; 

•Ensino de disciplinas relacionadas às Ciências e Matemática na Educação Básica (STEM - Science, Technology, Engineering, and Mathematics), incluindo a popularização das ciências, engajamento comunitário e o ensino fora da escola, com novas metodologias; 

•Transformações Urbanas – incluindo direitos humanos, enfrentamento da violência, moradia, mobilidade, acesso à agua, imigração, inclusão social e redução de desigualdades. 

A proposta deve incluir parceria com pelo menos uma organização ou especialista no Reino Unido e a organização proponente deve se comprometer a cofinanciar pelo menos 50% do projeto – com recursos próprios ou angariado junto a outros parceiros. Contrapartidas não-financeiras incluindo em esforços são elegíveis e deverão ser incorporadas nas propostas de orçamento. British Council, através do Programa de Desenvolvimento Profissional e Engajamento com Comunidades do Newton Fund, irá disponibilizar no mínimo 10 mil e no máximo 100 mil Libras Esterlinas para os projetos contemplados para realização até Março de 2017. 

O British Council oferecerá uma sessão informativa para interessados no Institutional Skills no Centro Brasileiro Britânico em São Paulo. Durante a sessão, serão dadas orientações sobre candidatura, formulário de inscrição, orçamento e outras dúvidas. 

Serviço 

Sessão informativa sobre o programa Institutional Skills 

Data e horário: 10 de dezembro de 2015 entre 18h e 19h30. 

Local: Centro Brasileiro Britânico – Rua Ferreira de Araújo, 741. Pinheiros – São Paulo Biblioteca e Centro de Informação 

Prazo para inscrições: até às 18h (horário de Brasília) do dia 20 de janeiro de 2016. Os selecionados serão informados na primeira semana de março de 2016. Os projetos deverão ter início em março de 2016 e encerramento até março de 2017. 

As inscrições deverão ser feitas no site do British Council em www.britishcouncil.org.br/newton-fund

A organização ou especialista no Reino Unido pode ter natureza acadêmica, agência pública, consultoria ou organização social. A International Unit, instituição parceira do British Council, ajuda organizações brasileiras a encontrar universidades com interesses similares no Reino Unido para projetos do British Council financiados pelo Newton Fund. Para saber mais, escreva para newton@international.ac.uk, indicando o assunto "Institutional Skills – Brazil call". Recursos para a identificação de parceiros não-acadêmicos estão disponíveis no site do British Council no Brasil. 

Sobre o Newton Fund 

O Newton Fund (Fundo Newton) é uma iniciativa governo britânico que visa promover o desenvolvimento social e econômico dos 15 países parceiros, por meio de pesquisa, ciência e da tecnologia. O fundo de 375 milhões de libras esterlinas atua em três grandes áreas: capacitação de pessoas em ciência e inovação nos países parceiros, colaboração em pesquisas acadêmicas sobre temas de desenvolvimento e a transferência de conhecimento para criação de soluções colaborativas para os desafios de desenvolvimento e fortalecimento dos sistemas de inovação. 



Sobre o British Council 

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não-governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais. Informações:http://www.britishcouncil.org.br/

Web_Cams_Travel