segunda-feira, 22 de maio de 2017

Casa Brasil-África e Prointer comemoram Dia Mundial da África

A data de 25 de maio é o Dia Mundial da África, e a Associação de Estudantes Estrangeiros da UFPA (AEE-UFPA), juntamente com a Casa Brasil-África e Pró-Reitoria de Relações Internacionais (Prointer), convidam toda a comunidade da UFPA e de Belém para participar das comemorações que envolvem a data. A programação ocorre nos dias 25 e 26 de maio.

Os festejos serão feitos em torno do projeto “A África que você não conhece”, que, segundo Lillian Spencer e Israël Hounsou, tem como objetivo geral, juntar paraenses, africanos de diferentes países e afrodescendentes em torno de diversas atividades. A data tem grande relevância para os africanos, por relembrar a memória coletiva dos povos daquele continente e por promover a unidade e solidariedade entre estados africanos na luta por políticas que os consolide como nações independentes de fato dos efeitos pós-coloniais.

Tendo em conta a vasta quantidade de informação que a África traz consigo, que ainda surpreende inclusive os africanos, é preciso parar de condensar e homogeneizar o continente como se fosse uma coisa só, para entender a grande variedade e diferença entre os países que compõem a África.

“A África que você não conhece” apresenta uma abordagem mais realista e atual de assuntos da África, feita por estudantes africanos, que contam suas vivências de suas perspectivas sobre o continente. O evento de dois dias é gratuito e conta com uma programação diversa com uma palestra, uma mesa-redonda, uma roda de conversa, além de oficinas de aspectos culturais e um festival de culinária africana. Não é necessária prévia inscrição. A programação é aberta ao público, mas as oficinas custam uma taxa de 5 reais, pagos na hora do evento.

Programação - O primeiro dia de evento, 25 de maio, começa às 14h, com oficinas de Tranças e Turbantes na sala de audiovisual do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Em seguida, no Auditório Setorial Básico 1, ocorre a Mesa de Abertura, composta pelo Reitor da UFPA, Emmanuel Tourinho; pelo pró-reitor de Relações Internacionais, Horácio Schneider; pela assessora para a diversidade e inclusão social, professora doutora Zélia Amador de Deus; e pelo Coordenador da CBA, professor doutor Hilton Pereira da Silva. Ainda no Auditório, às 16h30, ocorre a palestra “O Processo de Internacionalização e o acolhimento dos estudantes estrangeiros na UFPA”, ministrada pelo vice-reitor da UFPA, professor Gilmar Silva. O dia seguinte, assim como o primeiro, é repleto de palestras, oficinas, dança, música, mesas-redondas e rodas de conversa (ver a programação completa aqui).

Ao final dos dois dias de celebração, o evento promoverá um show da banda “Dois Africanos”, das 15h30 às 16h30 no hall da Reitoria, na sexta-feira, 26 de maio. Além disso, para encerrar com chave de ouro, a partir das 22h de sexta-feira, será realizada a Festa Africana no clube “Baron Club”, na avenida Nazaré. Os ingressos para a festa são vendidos antecipados (R$15,00) ou na hora (R$25,00). Interessados podem clicar aqui.

Objetivo, importância e expectativas - Segundo o presidente da AEE, Israël Hounsou, o evento visa apresentar uma nova visão do continente africano para o público: “É um evento para mostrar a cultura africana. Para mostrar que lá não é só fome e guerra, como muitos pensam. Lá tem cultura, alegria e diversidade também”. Além disso, para ele, a interação com o público faz parte da importância do evento: “Nós esperamos o maior público possível, para mostrar a África além de estereótipos. Queremos entrar em contato com a comunidade estrangeira da UFPA, com os brasileiros, paraenses indígenas, e principalmente com a comunidade negra daqui.”

Dia Internacional da África - Criado em 1863, o dia celebra a luta africana por emancipação e marca o aniversário da criação da Organização de Unidade Africana (OUA), na Etiópia. A data, também conhecida como Dia da Libertação da África. Para Israël Hounsou, "é a celebração da nossa luta. Lá na África é feriado, é dia de comemoração. Organizamos festas, palestras, tudo para mostrar diversidade”.

Aqui, o dia vai ser comemorado, mais uma vez, com muita festa e aprendizado.

Texto: Alice Palmeira - Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Alexandre Moraes

Publicado em: 22.05.2017 10:50

Casa de Estudos Germânicos debate obra de Clarisse Lispector



A Casa de Estudos Germânicos (CEG) da UFPA, por meio do projeto Littera (Literaturas Germânica e Brasileira), realiza, nesta quarta-feira, 25 de maio, o minicurso “O anti-fluxo de consciência: um olhar sobre Macabéa”. O evento, que conta com a participação das professoras Patricia Cezar e Lucilia Pinheiro, trará discussões sobre a obra de Clarisse Lispector.


O evento é destinado a todos que tenham interessa em Literatura. Para participar do minicurso, os interessados devem realizar suas inscrições online, pelo site do projeto, ou pela fanpage do Littera. As inscrições são gratuitas.

No minicurso será debatido uma das principais obras de Clarice Lispector, "A Hora da Estrela", relacionada com a Macabéa, sob um ponto de vista diferenciado do que cultivava a autora no começo de sua carreira. “Desta vez, veremos Macabéa sem essa característica, que ela originalmente não apresenta mesmo, e sim sob a ótica de quem não percebe sua própria consciência no mundo”, destaca a professora Patrícia Cezar, ministrante do curso.

A professora Patrícia Cezar cita, também, a interdisciplinaridade proporcionada pela literatura. “Ao longo dos minicursos temos observado a participação de pessoas de outros cursos como Direito, Filosofia, Psicologia, História, Ciências Sociais. Isso indica que a Literatura realmente é de interesse de públicos variados, e aí está a relevância de se fazer esses minicursos”, acrescenta.

Ministrantes - A professora Patrícia Cezar possui graduação em Letras (Habilitação em Língua e Literatura Alemã) e mestrado em Estudos Literários - Área de concentração em Estudos Literários; atuação na área de Letras, com ênfase em Língua e Literatura Alemã. Também é doutoranda em Estudos Literários, além de autora e coordenadora do projeto Littera (Literaturas germânica e brasileira- Minicursos para a Casa de Estudos Germânicos), com enfoque em literaturas germânica e brasileira.

Graduada em Letras pela Universidade Federal do Pará, a professora Lucilia Lubia possui especialização em Educação Especial pela Faculdade Integrada Brasil-Amazônia (2016). Mestranda em Estudos Literários PPGL/UFPA, atualmente é professora da Casa de Estudos Germânicos. Além disso, Tem experiência nas áreas de língua e literatura alemã.

CEG - A Casa de Estudos Germânicos é um espaço na UFPA que produz eventos culturais relacionados à Alemanha e onde os estudantes e professores podem se informar sobre estadas de estudo na Alemanha e programas de bolsas do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico). Também possui uma biblioteca com vasto acervo de livros atuais, sendo a maioria em alemão.

Serviço:
Minicurso “O anti-fluxo de consciência: um olhar sobre Macabéa”
Local: Sala de Vídeo da CEG, campus Profissional, UFPA
Horário: 14h às 18h
Data: 25 de maio de 2016
Inscrições gratuitas
Para mais informações, acesse o site e a fanpage do projeto.

Texto: Caio Maia – Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Reprodução / Google

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Lançados novos editais para cooperação entre França e países da América do Sul


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulga nesta quarta-feira, 5, os novos editais para seleção de projetos conjuntos de pesquisa para os programas CAPES/MATH-AmSud e CAPES/STIC-AmSud. Os programas são iniciativas da cooperação francesa com Argentina, Brasil, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai e têm como objetivo fortalecer a colaboração e a criação de redes de pesquisa, no domínio da matemática (MATH) e das ciências e tecnologias da informação e da comunicação (STIC), entre sul-americanos e franceses. O prazo para submissão de propostas é até 15 de maio na página da Secretaria internacional do STIC e até 31 de maio na CAPES, conforme descrito nos Editais.

Cada projeto deverá planejar suas atividades considerando a duração máxima de dois anos. A divulgação dos resultados está prevista para novembro deste ano. Poderão ser aprovados até cinco projetos de cada edital, que terão início em 2018.

O financiamento compreenderá a realização de missões de pesquisa (missões de trabalho e missões de estudos) entre os grupos participantes.

Acesse os editais: STIC AmSud e MATH-AmSud.

(CCS/CAPES)

terça-feira, 9 de maio de 2017

Edital oferta bolsas para doutorado na Alemanha



O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em parceria com o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) lançam edital para a concessão de bolsas de estudo para doutorado na Alemanha.
O objetivo da chamada é formar docentes e pesquisadores de alto nível e consolidar a cooperação científica entre Brasil e Alemanha, em todas as áreas do conhecimento. São oferecidas 30 bolsas pelo CNPq, 30 pela Capes e 20 pelo DAAD para realização de doutorado sanduíche, doutorado pleno, ou de duplo doutorado no exterior.
O programa prevê, ainda, um curso de alemão, cuja duração será definida de acordo com o nível de proficiência dos candidatos no idioma, área de pesquisa na Alemanha e os pré-requisitos da universidade anfitriã. Além de gratuidade nas mensalidades, os selecionados receberão passagem aérea de ida e volta, auxílio-instalação, auxílio para aquisição de seguro-saúde e auxílio adicional caso morem em cidades consideradas de alto custo.
Pré-requisitos - Para concorrer às bolsas, é preciso: ser cidadão brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no país; ter confirmação formal de orientação científica na Alemanha; apresentar o projeto de pesquisa científica (em dois idiomas "português e alemão" ou "português e inglês"); não ter recebido anteriormente bolsa das agências brasileiras para realização de estudos no mesmo nível pretendido; não ter o título de doutor; o Currículo Lattes deve estar atualizado até a data da inscrição; ter mestrado, entre outros.
As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo candidato, exclusivamente via internet por meio da Plataforma Integrada Carlos Chagas, até as 23h59min do dia 08 de junho de 2017, horário oficial de Brasília, mediante o preenchimento do formulário de proposta online, disponível no site da Plataforma.

Texto: Coordenação de Comunicação Social do CNPq
Foto: Reprodução / Google

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Programa Cátedra Bonn Em Ciências Sociais E Humanas

Tipo de programa:
Bolsa individual
Objetivos:
Programa, por meio da concessão de bolsa na Universität Bonn (Instituição Anfitriã) a notável pesquisador e professor sênior do Brasil, especialista nas seguintes áreas de conhecimento prioritárias do Programa: Ciências Sociais e Humanidades, com foco em Fenômenos de Dependências Assimétricas Agravadas tem por objetivos:
  • Aprofundar a cooperação acadêmica entre instituições de ensino superior e centros de pesquisa brasileiros e estrangeiros;
  • Aprofundar a cooperação entre pesquisadores e educadores de instituições de pesquisa e ensino superior no Brasil e seus pares da Instituição Anfitriã;
  • Contribuir para a mobilidade de professores e pesquisadores entre a Instituição Anfitriã e as instituições de ensino superior brasileiras; e
  • Aumentar o conhecimento na Instituição Anfitriã sobre as contribuições de notáveis pesquisadores e educadores do Brasil, especialistas nas áreas de conhecimento prioritárias do Programa.
Modalidade de bolsa e benefícios:
Modalidade:
  • Cátedra
Benefícios custeados pela Capes:
  • Estipêndio mensal (Mensalidade)
  • Auxílio deslocamento
  • Auxílio instalação
  • Auxílio seguro-saúde
Benefícios custeados pela instituição anfitriã:
  • Local de trabalho totalmente equipado, acesso às bibliotecas e a outras infraestruturas da Instituição Anfitriã, em conformidade com as regras da instituição anfitriã;
  • Apoio para encontrar alojamento e outras formalidades antes e depois da chegada do bolsista, por meio do Centro de Acolhimento da Instituição Anfitriã;
  • Se necessário, curso de alemão para pesquisadores internacionais.
Duração: uma bolsa com duração de no mínimo 3 (três) meses até 12 (doze) meses, ou 2 (duas) bolsas com duração de 6 (seis) meses cada
Inscrição:
  • As inscrições serão gratuitas e efetuadas exclusivamente via internet, até às 17h00 da data limite para envio de candidaturas, conforme cronograma deste Edital.
  • As informações prestadas serão de inteira responsabilidade do proponente, reservando-se à Capes o direito de excluí-lo da seleção ou do Programa se a documentação requerida for apresentada com dados parciais, incorretos ou inconsistentes em qualquer fase, ou ainda fora dos prazos determinados, bem como se constatado posteriormente serem aquelas informações inverídicas.
  • É vedada a inscrição de pesquisadores que já usufruíram de bolsa da mesma modalidade (cátedra no exterior) concedida por agência de fomento brasileira, mesmo após o cumprimento do interstício exigido.
  • É vedado o acúmulo de bolsa ou benefício financeiro, de qualquer natureza, concedidos por agência pública federal durante o período de vigência da eventual cátedra concedida.
Cronograma:
Período
Atividade prevista
Até 30 de junho de 2017
Envio das candidaturas
Até outubro de 2017
Análises e priorização das candidaturas
Até dezembro de 2017
Divulgação do resultado da seleção
Até março de 2018
Início das atividades na Instituição Anfitriã








Links disponíveis:
Contato:
Edital:

quarta-feira, 3 de maio de 2017

O Projeto Brafitec da UFPA foi aprovado pela CAPES e o CDEFI da França em mais uma edição

O projeto Brafitec visa permitir que alunos da graduação brasileiros estudem um ano na França e vice-versa. As Faculdades de Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Biomédica e de Computação (campus Belém) da UFPA, coordenam a proposta, que envolve também a Universidade Estadual do Amazonas e a Faculdade Estácio de Belém. 

O Projeto tem tido o apoio da Pró-Reitoria de Relações Internacionais da UFPA (PROINTER) na sua elaboração. Do lado francês as instituições parceiras são a EISIEA (Paris e Laval), EIGSI (La Rochelle) e ENSAM (Paris e Limoge). 

A CAPES disponibilizou nove bolsas que cobrem as despesas de deslocamento, estadia e seguro saúde para iniciar os estudos em setembro de 2017. O processo de seleção dos estudantes já iniciou e as inscrições estão abertas até o dia 10 de maio de 2017

Além do intercâmbio de alunos de graduação, o Brafitec também promove mobilidade acadêmica dos professores das seis instituições visando estabelecer trabalhos cooperativos em conjunto que venham aprimorar a formação técnica dos discentes. 

Acesse o edital aqui.

terça-feira, 2 de maio de 2017

CAPES publica quatro novos editais de programas de cooperação internacional

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) publicou nesta sexta-feira, 28, quatro novos editais de cooperação internacional com a Alemanha e França. São eles:

Probral 

Probral, parceria com o DAAD, tem por objetivo selecionar projetos conjuntos de pesquisa desenvolvidos por grupos brasileiros e alemães vinculados a Instituições de Ensino Superior e/ou de Pesquisa, públicos ou privados, com o intuito de apoiar e fomentar o intercâmbio científico entre grupos de pesquisa e desenvolvimento brasileiros e alemães. O Programa PROBRAL visa fomentar a mobilidade de docentes e de estudantes de pós-graduação no nível de doutorado e de pós-doutorado. 

As inscrições serão gratuitas e admitidas exclusivamente pela internet, até o dia 19 de junho de 2017, mediante preenchimento do formulário de inscrição e o envio de documentos eletrônicos, na página do programa. De acordo com o edital, serão selecionados até 30 (trinta) projetos conjuntos de pesquisa. As propostas podem ser de qualquer área de conhecimento. 

 Acesse o edital.

CAPES/DAAD/CNPq 

O objeto da chamada é a formação de docentes e pesquisadores de alto nível e a consolidação da cooperação científica entre Brasil e Alemanha, em todas as áreas do conhecimento, por meio de apoio à realização de doutorado pleno, de doutorado sanduíche e de doutorado sanduíche com cotutela na Alemanha. 

As inscrições serão gratuitas e deverão ser feitas pelo candidato, exclusivamente via internet por meio da Plataforma Integrada Carlos Chagas, até as 23h59min do dia 8 de junho de 2017, mediante o preenchimento do formulário de proposta online. 

Acesse o edital e a página do programa. 

Bragfost 

O Bragfost é um simpósio binacional, que ocorre alternadamente na Alemanha e no Brasil e reúne 60 (sessenta) jovens cientistas brasileiros e alemães para discutir novas fronteiras de investigação, aprofundar os conhecimentos internacionais e debater de maneira interdisciplinar desafios do conhecimento. 

 O candidato deve submeter sua candidatura exclusivamente via internet, até às 17h do dia 30 de junho de 2017, constando os documentos listados no edital. É prevista a participação de até 30 (trinta) brasileiros e 30 (trinta) alemães em cada edição do simpósio. 

 Acesse o edital

Brafitec 

O edital tem por objetivo fomentar o intercâmbio entre instituições de ensino superior brasileiras e francesas e estimular a aproximação das estruturas curriculares, inclusive a equivalência e o reconhecimento mútuo de créditos obtidos nas instituições participantes, nos termos do convênio assinado entre a CAPES e a CDEFI em 2002, por meio da seleção de projetos de parcerias universitárias em todas as especialidades de Engenharia, exclusivamente em nível de graduação. 

Para se candidatar, aqueles que cumprirem os requisitos descritos no edital, devem preencher o formulário de inscrição, bem como enviar os documentos eletrônicos solicitados, até o dia 22 de junho de 2017, na página do programa. 

 Acesse o edital
.

 Fonte: CAPES.

Web_Cams_Travel